sexta-feira, novembro 03, 2006

Pela transparência





Contribuir para o aumento da consciência cívica dos portugueses; Promover uma cultura de cidadania responsável e exigente; Alertar para os efeitos nocivos da corrupção; Veicular situações de falta de transparência.


"Há quatro ou cinco anos no Brasil, mais concretamente no Rio de Janeiro, deparava-se com uma grande profusão de autocolantes com “disque denúncia” e um número de telefone, muitos nos transportes públicos, que apelavam à denúncia de situações ligadas ao mundo de droga, para permitir às autoridades actuação sobre os traficantes.Recentemente no programa de televisão dos EUA (difundido em Portugal na SIC mulher) a apresentadora Oprah ofereceu 100.000 US dólares a quem contribua de forma evidente para a localização de pedófilos fugidos à justiça (leia-se denuncie), tendo já conseguido resultados positivos.Por cá, no Continente português, parece caminhar-se nesta linha embora de forma ainda não declaradamente assumida!Vejam-se exemplos:- A cooperação das empresas na investigação de práticas concertadas pela Autoridade da Concorrência, leia-se denúncia, que poderá levar à redução de penas e/ou coimas àquelas empresas. Ver Economia pág. 8, semanário Expresso de 09SET2006;- A carta anónima de 2003, leia-se denúncia, que levou (ainda bem) à investigação sobre os processos de aquisição de material de guerra pela Marinha. Ver pág. 72, semanário SOL de 07OUT2006;- Nalguns casos, substituindo-se à falta de (ou deficiente) fiscalização pelas entidades competentes (e ao facilitismo dos clientes), caso da actuação, leia-se denúncia, da DECO após a avaliação efectuada aos “Centros de inspecção periódica de automóveis”, perante a ineficácia de alguns daqueles Centros. Ver revista PROTESTE 272, de SET2006."

2 comentários:

Anónimo disse...

Queria saber quem elabora o bom site pela transparência

BLUE MOON I disse...

Isto é um deserto..... Será da transparencia??
Se não o é, então o que se passa?
Temas ?
Ainda mais??