segunda-feira, outubro 30, 2006

Pela Causa da Democracia. Lembram-se?


Caros amigos,

Talvez para muita gente seja estranho o facto de um Rei apoiar uma revolução em prol da Democracia. Mas como certamente saberão, todas as Monarquias na Europa, no Canadá, Austrália, no Japão, são Democracias.
O que eu deixo aqui é a Mensagem de Apoio do então Principe da Beira, Dom Duarte Pio de Bragança, em 1974, ano da Revolução do 25 de Abril.

"Mensagem do Príncipe da Beira, D. Duarte Pio João de Bragança [1974 ]

Vivo intensamente este momento de transcendente importância para a Nação Portuguesa e julgo dever comunicar o meu pensamento na hora presente:
1. Dou o meu inteiro apoio ao Movimento das Forças Amadas e à Junta de Salvação Nacional, a minha plena adesão ao seu Programa, especialmente em ordem à instauração de uma verdadeira e consciente Democracia, saneamento da vida pública e solução do problema do Ultramar, no mais estrito respeito pelos inalienáveis direitos da pessoa humana.
2. Peço a todos os Portugueses que ponham todo o seu entusiasmo, energia e inteligência ao serviço da nova sociedade, fundada na liberdade e na participação, para a construção e defesa do bem comum.
3. Reitero o meu propósito de que o nome monárquico não seja utilizado em contradição com os princípios de dignidade da pessoa humana, justiça social, liberdade e pluralismo política, e participação de todos nas decisões, princípios que não podem ser ofendidos sem grave prejuízo para o viver do Povo Português e para o futuro da nossa Pátria comum.
Dom Duarte Pio João"

Achei interessante colocar aqui neste blog esta Mensagem de SAR o actual Duque de Bragança, de 1974, quando este ainda era o Herdeiro da Casa Real. A Causa da Democracia, leva-nos agora para outro ponto de extrema importância:
Se vivemos em Democracia, em que todos nós temos o direito e o dever de escolher e ser escolhido para um cargo público, então porquê que ainda temos um artigo Constitucional - Artigo 288.º, alínea b), da Constituição da Republica, que impõe a "forma republicana de governo"?
A meu ver, esta situação Constitucional vai contra os próprios princípios da Revolução de 25 de Abril de 1974.
O que se pretende é uma verdadeira Democracia, onde os cidadãos possam escolher livremente em qualquer circunstância, o regime que preferem, num quadro democrático, justo e honesto.
É nesta linha que eu acredito que temos que manter no quadro da Democracia Pluralista o caminho para a TRANSIÇÃO para uma Monarquia Parlamentar.

4 comentários:

VAM disse...

"Estranho que apoie uma revolução democrática..." Estranho seria que apoiasse a ditadura. O Senhor D. Duarte de Bragança sempre foi contra o regime caetanista que até o expulsou de Angola pela PIDE. Vejam lá onde vão buscar as informações....

lusitano79 disse...

Caro amigo, julgo não me ter feito entender... O que quis dizer com "estranho que apoie uma revolução democrática" - tem a ver com o facto de muita gente associar a figura do Monarca à anti-democracia, quando de facto, não é nada assim. SAR o Senhor Dom Duarte obviamente que apoiou, e bem, a Revolução dos Cravos de 1974, daí ter feito essa Mensagem, ainda enquanto Príncipe da Beira.

pqp disse...

Ainda assim devia cuidar mais a exposição e explicar por que razão durante tantos anos esta doputrina democrática só veio raramente ao de cima como na entrevista a MAnuela Gonzaga

Luis Tavares disse...

Duarte Pio é uma fraude histórico legal ver www.reifazdeconta.com

Quanto à questão da expulsão de Angola deveu-se a dois motivos, o cretino deu cabo de 2 helicopteros e depois Marcelo não queria que se lhe acontecesse algo as culpas fossem cair no governo. Não há heroismo nenhum nesse pateta, só oportunismo!